22 Anos ; Livros, Séries, Filmes & Músicas - : Contacto: culturadeescape@gmail.com


20 fevereiro 2017

Destino em "Sua Majestade, a Morte" - Armando Tavares

Detalhes da Obra:


Título: Sua Majestade, a Morte | Autoria: Armando Tavares Capa: Mole | Editora: Livraria Figueirinhas - Porto | Ano de edição: 1946 | Páginas: 219 | Idioma: Português | ISBN: ---------
  
Opinião:

            Armando Tavares com Sua Majestade, a Morte, trata de repensar a forma como o ser humano vê a morte, um esqueleto sobre um manto negro que atormenta as pessoas. Tomando como personagem principal e narrador da ação a própria Morte, o escritor retrata a história de um escritor que é poupado pela Morte de forma a que ele possa prosar sobre ela de uma forma mais verossímil do que aquela que era feita na época. Para explicitar o seu papel ao acabar com a vida de um individuo, a morte afirma que apesar de ser um figura que determina o futuro das pessoas, as suas decisões são prelimitadas e bem pensadas. Para explicar melhor a forma como escolhia as “vitimas” ou “sortudas” (dependendo da vertente que o leitor lê o texto) , a morte apresenta diversos casos que fazem o leitor refletir.
            O livro conclui-se com o paradoxo entre a vida e a morte. Enquanto de um lado temos os médicos, psicólogos, cientistas tentando desvendar as curas para as mais diversas doenças, temos de outro lado as armas. A guerra constante que mata, sem que a morte ponha os seus esqueléticos dedos. O homem cria o próprio destino e a forma como ele culminará, a Morte só ajuda na transição da Vida para a Morte.
 
“Vive o dia de hoje de bem contigo e com o teu semelhante. Não te esqueças que existo para ti e para o teu semelhante” (TAVARES, Armando, 1946 : 217)

4 comentários:

  1. Não conhecia, parece ser bastante interessante!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia este livro,porém,ele parece ser interessante.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderEliminar