22 Anos ; Livros, Séries, Filmes & Músicas - : Contacto: culturadeescape@gmail.com


04 janeiro 2017

Hanna Schmitz & o Leitor

Ficha técnica:

Título: O Leitor
Ano Produção & Estreia: 2008
Direção: Stephen Daldry
Duração: 124 minutos
Género: Drama ; Romance
País de Origem: Estados Unidos da América ; Alemanha
Classificação: ★★★★★
 
Sinopse:
           A sociedade acredita que é guiada pela moralidade mas isto não é verdade. O premiado diretor de As Horas, Stephen Daldry, mostra novamente toda sua força nesta história de medos e segredos escondidos pelo tempo. Hanna Schmitz (Kate Winslet) foi uma mulher solitária durante grande parte da vida. Quando se envolve amorosamente com o adolescente Michael Berg (David Kross/Ralph Finnes)não imagina que um caso de verão irá marcar suas vidas para sempre. Livro com sucesso mundial de vendas, O Leitor é a uma história que nos levará a questionar todas as nossas mais profundas verdades.

Opinião:
           O Leitor é um filme que vem reviver um período precedente ao ano de lançamento. Retratando inicialmente o romance proibido entre o adolescente Michael Berg e a policial Hanna Schmitz, a narrativa entra por outras vias para além da vertente romântica. Após um breve Verão romântico entre ambos, Michael e Hanna perdem contacto, reencontrando-se mais tarde numa sala de tribunal.
           Acusada de deixar várias mulheres a serem queimadas em um armazém onde encontravam-se cativas, Hanna sente vergonha da sua condição, do seu analfabetismo. Temendo a chacota em hasta humana, a mulher acaba por assumir todas as culpas e é condenada a prisão perpétua. Após alguns anos na cadeia, Michael já divorciado e com uma filha relembra Hanna e o seu Verão maravilhoso. Para compensar  os anos perdidos, grava várias cassetes com a leitura de algumas das obras que Hanna tanto gostava, contribuindo para a persistência da mulher em tentar aprender a escrever.
           Apesar de tudo parecer um romance que no final termina bem, este não é o caso. Hanna consegue sair antes do previsto mas como ninguém queria recebe-la , nem Michael, o seu eterno amor, a mulher suicida-se deixando um final agridoce. É um filme para a vida !

 

3 comentários:

  1. E eu que pensava que se tratava de um livro e não de um filme. Mesmo assim parece-me uma boa aposta!

    ResponderEliminar
  2. Nunca vi, mas tenho de ver =) Gostei da análise!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde, a moralidade é uma coisa, as atitudes de quem a pregoa é outra, por trás da moralidade esconde-se todas as imoralidades.
    Vou tomar atenção ao filme.
    AG

    ResponderEliminar