22 Anos ; Livros, Séries, Filmes & Músicas - : Contacto: culturadeescape@gmail.com


29 janeiro 2017

Estações

https://www.google.pt/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwil27q8-efRAhWCaRQKHYHaAOgQjRwIBw&url=https%3A%2F%2Fwww.tumblr.com%2Ftagged%2Fpoor-musician&bvm=bv.145822982,d.amc&psig=AFQjCNFDh5nmwixXJbdh8U8Pyqe4Uxg3pQ&ust=1485799640249875
A rua despiu-se de cor, as estradas encheram-se de pequenas pétalas laranjas caídas diretamente das árvores e o frio começa a dar indícios de quebra. O panorama artístico recheou-se de tons de verde claro e escuro e o céu preenche-se de um azul claro, um tanto vibrante. A água tornou-se límpida, porém gelada, e as rochas camuflaram-se no musgo que cresce a uma velocidade exorbitante. O tempo passa a correr, do calor extenuante do verão recebemos o castanho peculiar do Outono, vivemos despidos de cor no inverno e ansiamos para a beleza de uma primavera  tardia. Somos estações que duram e perduram e nos fazem fugir da rotina paisagística comum. Somos estados, sol, chuva, vento, neve, somos  tempo e espaço, traçamos o passo, mas não paramos, e isso é importante.

3 comentários:

  1. Somos todas as estações num só corpo, num só momento..
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Ótimo texto,parabéns.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderEliminar