22 Anos ; Livros, Séries, Filmes & Músicas - : Contacto: culturadeescape@gmail.com


27 novembro 2016

Segundos. pequenos, minutos constantes

http://www.google.pt/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwi83rD95cnQAhWDvBoKHZrCA7sQjRwIBw&url=http%3A%2F%2Fmedidadoencantamento.tumblr.com%2Fpost%2F126612935546%2Ftem-homens-que-curtem-bem-a-tend%25C3%25AAncia-minimalista&psig=AFQjCNFFvhNEOoJ9CY2mXHza2YukAxjFrA&ust=1480365503796871
É um clique atrás de clique, o relógio que se mexe, pequenas teclas, sons constantes, murmúrios que soam no meu ouvido. São sons que provocam , vibram, sons que batem lá no fundo do meu ser. As horas passam, os segundos voam e a cada instante um momento que escasseia. Os dias perdem-se, pensando, sonhando, querendo e não lutando, minutos que correm e não voltam, vida que foi e não regressou. A vida passa tão depressa e não nos damos de conta dos toques constantes. Perdemos tanto tempo com coisas vulgares e fúteis e não aproveitamos o pouco, o sincero, o útil. Esquecemos-nos dos momentos e memórias e cingimos-nos ao básico, não arriscamos, não lutamos com o medo de cair. Somos seres pequenos que duvidam, não insistem em ir mais além , ficamos pelo pouco, pelo seguro. O tempo é cru e ruim e não pára nem por um momento e quando acordamos para a vida, normalmente já é tarde de mais. Vive o segundo, aproveita minuto, cresce com a hora e lembra cada dia com um sorriso de realização pessoal.

1 comentário: