22 Anos ; Livros, Séries, Filmes & Músicas - : Contacto: culturadeescape@gmail.com


28 novembro 2016

O suspense romântico - Oscar Wilde - O Fantasma dos Canterville


Detalhes da Obra:



Título: O fantasma dos Canterville | Autoria: Oscar Wilde | Tradução: - | Capa: Mole | Editora: Diário de Notícias | Colecção: Biblioteca de Verão | Ano de edição: 2000 | Páginas: 95 | Idioma: Português| ISBN: 8481302376

Sinopse:


O conto de Oscar Wilde aborda a mudança de uma família americana para uma mansão britânica  em Canterville Chase, cuja dizem estar assombrada por um fantasma. A família recusa-se a acreditar nisso, e Wilde trata de comentar a forma que os americanos lidam com as "lendas". "O fantasma dos Canterville" tal como os outros contos nesta obra , apresentam diversas alusões ao invisível, mas termina sempre de uma forma romântico-sentimental.
Opinião:


Oscar Wilde nunca desilude com a sua escrita harmónica e rica em conteúdo e ornamentos estilísticos. Fazendo uso da personificação, o escritor dá voz a foguetes, a plantas, a animais e  os faz agirem como se fossem seres humanos que dialogam entre si. O escritor consegue e bem captar a essência de cada personagem e desenvolve ensinamentos em cada narrativa que se propõe a escrever, e este livro não é exceção.
Neste livro é possível captar diversos ensinamentos, tais como:
1. Nem tudo é o que parece ser, às vezes julgamos as pessoas pelas aparências e comportamentos, e quando entramos em contacto com a realidade apercebemo-nos de que erramos ao afirmar algo que não era verdade ("A esfinge sem segredo").
2. Estar sempre atento aos engodos da vida, por vezes julgamos que temos as situações controladas, mas somos levados pelos vícios e acabamos perdendo o rumo e até a própria vida - se temos o que queremos, não devemos ir atrás de algo por puro capricho (O Pescador e a sua alma).
3. A vida é frágil, tentamos muito e conseguimos pouco, e isso por vez deve-se ao desgaste  e ao desejo de "partir", sem pensar em nada.
4. Não devemos desvalorizar o papel que cada um tem no mundo, somos frágeis, somos humanos, estamos vivos e merecemos reconhecimento. ("O fantasma de Canterville")
Um livro para pensar, refletir e sonhar. Não desilude!

1 comentário: