22 Anos ; Livros, Séries, Filmes & Músicas - : Contacto: culturadeescape@gmail.com


23 novembro 2016

No espaço e mais além - Perdido em Marte

Ficha técnica:

Título: Perdido em Marte
Ano Produção & Estreia: 2015
Direção: Ridley Scott 
Duração: 144 minutos
Género: Aventura ; Drama ; Ficção Científica
País de Origem: Estados Unidos da América
Classificação: ★★★★★
 
Sinopse:
Durante uma missão a Marte, o astronauta Mark Watney (Matt Damon) é dado como morto após uma feroz tempestade e é deixado para trás por sua tripulação. Mas Watney sobrevive e encontra-se sem recursos e sozinho no planeta hostil. Apenas com suprimentos escassos, Watney deve contar com a sua criatividade, engenho e espírito para subsistir e encontrar uma maneira de sinalizar à Terra que está vivo. A milhões de quilômetros de distância, a NASA e uma equipe de cientistas internacionais trabalham incansavelmente para trazer "o marciano" de volta enquanto seus colegas de tripulação simultaneamente traçam uma ousada, se não impossível, missão de resgate. Conforme essas histórias de incrível bravura se desdobram, o mundo se une para torcer pelo retorno seguro de Watney.
Opinião:
Como ja fizeram tantos filmes de viagens no espaço, esta recriação deixa os espectadores com muitas espectativas. Perdido em Marte vem retratar a forma como o ser humano vive num local onde os níveis de oxigénio são demasiado diferentes aos do planeta Terra. O filme vem expor de forma humana os sentimentos causados pela solidão e revolta interior. Descreve a esperança de regresso a casa, as dificuldades  para combater a escassez de água e comida através da produção de alimentos em território infértil e a revolta por não conseguir fazer mais. Apesar de Perdido em Marte centrar-se em Mark Watney, o astronauta dado como morto inicialmente, a narrativa divide-se entre a nave que partiu sem ele após uma intensa tempestade, a vida de um homem sozinho num local onde não há vida e o centro de controle da NASA. Dadas as peripécias, e como em tantos outros filmes, este acaba tendo um final feliz, no qual após tanta persistência, Mark consegue voltar a casa são e salvo.

"This is why i came, to give everything up for one moment of pure wonder"

3 comentários:

  1. Gosto dessa temática e vc me deixou curiosa sobre esse filme. Vc já assistiu Lunar (Moon)? Muito bom também.

    ResponderEliminar
  2. Uouu, fiquei super curiosa. Vou ter que ver!!

    ResponderEliminar
  3. Não vi o filme, mas pareceu-me interessante pela descrição.
    Bom fim de semana, caro amigo Agostinho.
    Abraço.

    ResponderEliminar